Deixar O Gato Sair Para Avenida Não é preciso E Pode Ser Danoso

09 Feb 2018 10:29
Tags

Back to list of posts

Diversos donos, com as melhores das intenções, ainda permitem teu gato sair pra avenida sem se darem conta de que isso pode talvez ser uma amplo falta de respeito. Hoje desvendaremos alguns mitos e mostraremos por que preservar o gato dentro de residência é a melhor opção. Muitas são as razões pra evitar que o gato saia pra passear, algumas delas inclusive já são motivos de ansiedade para os donos que ficam com o coração apertado a todo o momento que teu gato não está em moradia. Contração de doenças, ataques e disputas com outros animais, atropelamento, envenenamento, todos esses inconvenientes conseguem acontecer no tempo em que seu gato está fora e conseguem ser fatais pra ele. Além da reprodução descontrolada, que acarretará em uma superpopulação de gatos pela estrada, o que neste instante é um dificuldade enfrentado há muitos anos aqui no Brasil.Entretanto mesmo sabendo de todos estes perigos, outras pessoas continuam deixando seus gatos livres para passear pelas ruas por sonhar que em residência eles ficariam entediados ou obesos pela inexistência de atividade. Na verdade, este é um dos primeiros mitos a ser desvendado. Gatos que ficam em casa conseguem sim se perceber entediados, entretanto deixá-los sair não é uma interessante e nem ao menos a única solução. Em vez disso, o dono pode tornar a tua residência mais sensacional pro gato, por exemplo. Outro motivo muito recorrente que donos de gatos costumam doar para não preservar seu gato apenas em moradia, é o senso de independência. Alguns acreditam ser uma violência privar o felino destes passeios.Este é mais um problema comum. A liberdade dos gatos na via, da forma como imaginamos, não existe. Pela infraestrutura social dos gatos urbanos e outros animais como os cachorros, há uma vasto disputa por território, onde nem sempre o teu gatinho será o "dono do pedaço". O seu gato só é concretamente livre em sua própria residência, porque ali é o território dele e onde ele se sente seguro para encaminhar-se e vir.Agora vem a incerteza: "mas então por que os gatos insistem em sair ou fugir pra avenida? Seu gato é um animal insensato, guiado pelo instinto e curiosidade. Mesmo que ele se vire bem dentro da estrutura social dos gatos, ainda haverá todas as novas limitações desenvolvidas por nós, como carros, motos, venenos e tantas outras, das quais nem sempre ele saberá como se virar. Gatos levam por volta de quinze dias para se moldar a uma nova ocorrência.A castração é o primeiro passo e serve tanto para a prevenção de doenças, quanto pra restringir o interesse do gato em sair para buscar por uma parceira(o). O segundo passo é pôr telas nas janelas, portões e outros lugares por onde seu gato possa porventura almejar fugir. Tenha em mente que gatos são espertos e são capazes de escalar grandes alturas ou até já pular, deste modo suave isso em consideração. Neste instante que seu gato está em casa e sem ter como fugir, é só fazer do teu lar um território onde ele possa se divertir e gastar toda a sua energia. Brinquedos, petiscos escondidos, esconderijos, poleiros e prateleiras com certeza vão manter teu gato entretido.Após 5 anos de casamento, ela e Erick resolveram tocar Rot, um buldogue inglês. Quando Rot estava com 11 meses, Lígia obteve a foto de Gorda, uma buldoguinha para adoção. Em comum acordo, optaram oferecer pra Rot uma companheira. Era um afeto sem tamanho. Eles deixavam de viajar para cuidar dos peludos ou só frequentavam locais que aceitassem os peludos.Diariamente dos pais, eu fazia uma montagem de imagens do Erick com os cães, como uma maneira de agradecimento por todo o cuidado" lembra Lígia. Porém, ano anterior, Lígia decidiu sair da residência. Certa de que levaria os cães, Erick se opôs e pediu pra ficar com os cães. 207 "O treinamento pra voar." Como Imitar os Pássaros dezessete de Novembro de 1993 sete Primeira Série da Rede Globo (1999-dois mil) O que Cachorro Poderá e Não poderá Consumir Use luvas para revirar com terra 11 de Junho de 1999is?kxj_eXr-nrKU9A371Y5D23ED9hRI3RBuzuuuxzEgkQY&height=198 Como foi viver com a avó, em um apartamento, Lígia cedeu a guarda pro ex, com aperto no coração. Mesmo deste modo, visita os cães com frequência, leva para passear, cuida das dobrinhas e leva ao veterinário no momento em que necessitam. Neste instante, a situação mudou de figura. Erick está em um novo relacionamento. O amor pelos cães continua grande, todavia, viagens a lazer são frequentes, sem os peludos.Lígia aproveita pra continuar com eles nessas ocasiões. Entretanto percebendo a mudança, neste momento cogita em se mudar para uma residência e solicitar a guarda dos filhos de 4 patas. Não entendo se ele vai aceitar. Sei que será uma conversa árduo. Rot e Gorda a todo o momento foram muito companheiros do Erick, principalmente na data que saí de casa" reflete Lígia. Hoje, Erick arca com a maior parte das despesas dos cães.Entretanto isso Lígia bem como quer mudar. Quando o Erick quiser, conseguirá dirigir-se visita-los" confessa. A realidade podes variar e os relacionamentos terem final, no entanto o nosso carinho pelos nossos amigos peludos perdura. Leve a todo o momento em consideração o bem-estar do animal, como ele se sente melhor. Nem sequer todos os peludos se adaptam a transformações de moradia e de rotina. Tudo isso deve ser avaliado pela hora de solucionar de quem precisa ser a guarda.

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License